Apoio ao cliente - 707 234 234
Uli Jon Roth + Manuel João Vieira

Notas

Concerto:
  • 25,00€  - Preço Limitado à lotação

Descrição

Concerto para os Streetdogs - primeiro concerto a favor dos cães de rua

No dia 09.02.2019 realizar-se-á em Lisboa (Portugal) o primeiro concerto de caridade a favor dos cães de rua. O dinheiro angariado reverte na totalidade a favor dos cães de rua negligenciados, feridos, abandonados e abusados. Músicos célebres Alemães e Portugueses apoiam este projecto “Rock N' Flamenco”.
O concerto será liderado pelo conhecido guitarrista alemão Uli John Roth ( Scorpions/ Electric Sun). Roth é sem dúvida um dos guitarristas mais célebres do mundo, com o seu estilo singular influenciou os primeiros albuns dos Scorpions, bem como outros músicos que igualmente se inspiraram na sua música. Em 2018 foi considerado pela terceira vez um dos três melhores guitarristas do mundo. Partilhou o palco com alguns dos maiores "dinossauros" do rock, incluindo Deep Purple, The Smashing Pumpkins ou Robby Krieger do The Doors.
“Ou vocês têm bom coração ou são completamente loucos, de qualquer das maneiras eu estou convosco“ comentou espontaneamente Uli John Roth aquando do nosso convite para particular neste projecto. O próprio guitarrista é um grande defensor dos animais e desde o inicio dos Scorpions declarou ser vegetariano.
Os espectadores do concerto entrarão numa viagem musical inesquecível através das várias etapas criativas de Roth, que, para além da música dos Scorpions e de Electric Sun, vai também tocar peças únicas de Flamenco num espectáculo único e memorável.
O concerto vai contar com a parceria da banda Lisboeta Tr3solution e serão eles  a base musical que acompanhará a estrela da noite, Uli Roth.
Manuel João Vieira será a grande atração Portuguesa. Conhecido por ser um criativo com talento invulgar,  notabilizou-se pela sua capacidade multifacetada de representar várias personagens. Músico, Entretainer e político, foi com a banda Ena Pá 2000 que atingiu o estrelato, onde o humor e os textos satíricos são a imagem de marca.
Nos anos 2011 e 2016 Manuel João Vieira candidatou-se a Presidente da República onde surpreendentemente conseguiu bons resultados eleitorais, apesar de ser um candidato isolado e independente. A candidatura tinha como objectivo principal a chamada de atenção para a corrupção do país e deu origem ao Filme “O candidato Vieira” que conta a história de uma estrela de Rock satírico que caminha para a presidência de Portugal. A candidatura de Manuel João Vieira foi vista com grande curiosidade e captou a atenção dos meios de comunicação social do país. Como candidato sui generis que foi, afirmou que se fosse eleito, cada Português teria um Ferrari e que mandaria alcatifar todo o país, como uma crítica aos políticos do país e face  à desigualdade na distribuição de bens.
 
Mas voltando de novo à música de Manuel João Vieira, o músico não tem receio de estar em palco a solo  com a sua guitarra, cativando o publico com as suas musicas satíricas. "Acho a vossa ideia boa, estou encantado e junto-me a vocês " - foi esta a reação ao nosso convite. Manuel João Vieira de momento encontra-se a gravar um novo álbum.
Da Alemanha vem ainda para participar o músico Chris Bay, vocalista do grupo de Metal Freedom Call. A sua criatividade por vezes ultrapassa a estrutura estilística da sua própria banda, algo que partilha com outros compositores. "Eu sou um compositor permanente e estou constantemente em estúdio a dar forma a novas ideias”, explica Chris Bay, que se lançou recentemente num projecto a solo que compila as músicas que compôs nos últimos anos numa estética musical distinta dos Freedom Call.
Bay transmite nas sua letras os temas que lhe vão na alma, amor e experiência de vida, transmite esperança e tenta ajudar aqueles que têm mais necessidade de ser ajudados. Tem uma forma muito optimista de encarar a vida e diz que "Na vida não há só dias de sol, aguns são cinzentos" .
Bay encontra-se actualmente em tournée em vários países tendo como companhia a sua guitarra e o seu espírito musical. Apesar de actuar a solo e apenas com um instrumento consegue mobilizar o público de maneira eufórica e entusiasta.
“Se há tema que me entristece é a falta de respeito pelos animais, em especial o sofrimento dos cães de rua em todo o mundo. Provoca em mim um profunda tristeza e dor pois o meu coração bate por eles e desejo que um dia todos os seres vivos sejam tratados com o mesmo respeito e dignidade que os seres Humanos. Todas as criaturas deste Planeta têm direito à vida com dignidade por isso é para mim uma grande alegria e ao mesmo tempo um grande desejo de fazer parte desta iniciativa de caridade em Lisboa ", afirma Chris Bay em reação ao nosso convite.
 
A história do Concerto e do seu mentor:
Frank Schürmann, media designer e economista, vive em Haltern am See, Alemanha. Também ele músico com um contacto privilegiado com o mundo da música através dos seus Clientes. Visita Lisboa constantemente para apoiar uma associação de proteção e auxílio aos animais, P.A.T.A.S. & Tino Portugal. Esta organização salva cães e gatos que se encontrem abandonados, perdidos, doentes, maltratados e ainda animais vindos de canis de abate, onde muitos deles passaram anos da sua vida numa cela molhada e fria sem nunca verem a luz do sol. Estes animais são acolhidos num abrigo particular localizado a cerca de 50 Kms a Sul de Lisboa. P.A.T.A.S., associação de defesa animal fundada em Portugal, tem como parceira a associação Alemã Verein Tino E.V. com quem trabalha arduamente no sentido de ajudar os animais nas mais variadas vertentes nomeadamente na procura de Familias adotantes na Alemanha.
 
Frank Schürmann desempenha muitas vezes o papel de Padrinho de voo, acompanhando o transporte dos cães adotados na Alemanha para as sua novas familias, adoções estas previamente concretizadas através de um processo de controle apertado por parte da Tino E.V..
Numa dessas vindas a Lisboa, Frank Schürmann passeava pelo Bairro Alto com a intenção de beber uma cerveja, e casualmente entrou num Bar onde conheceu Célia Ramos, vocalista da banda Tr3solution. A banda tocava ao vivo e o Frank ficou completamente maravilhado e sem palavras. Não demorou muito até saber que tanto a Célia como os restantes membros do grupo são todos amantes e defensores dos animais. A própria Célia Ramos trata e protege gatos abandonados e em mau estado no bairro onde reside. A ideia partiu da Célia Ramos que pouco tempo depois de conhecer o Frank lhe propôs fazer um concerto de beneficência a favor dos animais. Iniciou-se a procura de um local e as conversações com os músicos de ambos os países, com patrocinadores e ativistas dos direitos dos animais, entre outros até o plano do primeiro concerto ter tomado forma. Neste momento aguardamos ansiosos e felizes pelo dia 9 de Fevereiro de 2019, onde se realizará no clube Titanic Sur Mer, no Centro de Lisboa mesmo junto ao Tejo, o primeiro concerto de beneficência para os cães de rua. "Só este grande amor pelos animais juntaria em palco esta variedade de músicos que de outra forma não teria acontecido”, acrescenta Schürmann. O entusiasmo e as expectativas são tão elevados que já se pensa no concerto para 2020.


Para onde será o dinheiro doado?
Todo o dinheiro angariado vai ser doado na totalidade para os animais de rua. Neste caso tomámos a decisão de ajudar uma associação de proteção animal em Portugal que é exclusivamente composta por voluntários ativos que dedicam muito tempo da sua vida privada em prol dos animais: P.A.T.A.S. & Tino Portugal (Proteção aos Animais sem Tecto para Adopção e Salvaguarda). Para acolher esses animais foi construido perto de Lisboa um abrigo particular onde são albergados actualmente cerca de 400 cães e 60 gatos.
Com tanto animal e sobrevivendo apenas da caridade e boa vontade ressaltam à vista muitas necessidades, tais como medicamentos, voluntariado, comida, cobertores, casotas, material de construção, camas, produtos de limpeza, sendo que a principal lacuna é a questão monetária, onde as dívidas nas clínicas veterinárias se acumulam. Esta é a razão da nossa iniciativa, queremos ajudar e canalizar os donativos para esta associação a bem dos animais que precisam da nossa ajuda. O relatório referente aos donativos será divulgado pós concerto. As doações em género ou monetárias, bem como a iniciativa de adopção responsável de um cão ou gato do abrigo do P.A.T.A.S. são desde já bem-vindas. Estarão no evento alguns representantes do P.A.TA.S para recolher directamente os donativos, prestar esclarecimentos acerca da associação e encaminhar os processos de adopção.
 

Promotor

LISBOA LIVRE, LDA