Apoio ao cliente - 707 234 234
O Mundo Às Avessas

Descrição

O MUNDO ÀS AVESSAS
Orquestra Metropolitana de Lisboa


A. Vivaldi Concerto para Violino e Violoncelo, RV 544, Il Proteo ò sia Il mondo al rovescio
G. P. Telemann Abertura (Suíte), TWV 55:G2, La Bizarre
D. Cimarosa Il Maestro di Cappella, Intermezzo operático

Jorge Vaz de Carvalho Canto e Direção Cénica
Nuno Abreu Violoncelo
Ana Pereira Violino e Direção Musical

Um maestro deslumbrado com o próprio talento acha-se diante de uma orquestra aqui e ali indisciplinada, mas no geral colaborante. É o ensaio de uma composição em «tempo real». O mundo às avessas? Talvez não! Ou talvez sim! Em finais do século XVIII, ao jeito de Pirandello, mas ficando-se pela comicidade característica do estilo buffo italiano, Cimarosa compôs o intermezzo operático Il Maestro di Cappella, despojando em palco os dilemas da composição. Resultou assim a mais divertida maneira de apresentar a constituição da orquestra que alguma vez se viu. Também «sem grande tino», apresenta-se o duplo concerto para violino e violoncelo que Vivaldi intitulou – agora sim – Il mondo al rovescio. Numa confusão meticulosamente calculada, trocou propositadamente as claves nas partituras dos solistas e destinou ao tutti orquestral as secções do concerto que lhes pertenceriam em circunstâncias «normais». E porque de bizarrias se trata, junta-se ainda a suíte orquestral de Telemann com esse nome. Chama-se La Bizarre por causa da sobreposição de padrões rítmicos díspares que nela se ouve.

Promotor

Ass. Música,educ. E Cultura - O Sentido Dos Sons