Apoio ao cliente - 707 234 234
O Deserto De Medeia

Descrição

O Deserto de Medeia
Uma criação da Narrativensaio-AC
Encenação: Luísa Pinto
Texto: Marta Freitas

Nos últimos três anos, a encenadora Luísa Pinto, reuniu histórias reais de mulheres que mataram os seus filhos. Confrontando-se com os inúmeros casos relacionados com o complexo de Medeia, Luísa Pinto decidiu levar à cena uma reflexão sobre o Filicídio; crime que está longe de ser uma abominação exclusiva da antiguidade, mas que ocorre na atualidade, inundando noticiários e páginas de jornal. A encenadora desafiou Martas Freitas para escrever um texto a partir das referidas histórias. O Deserto De Medeia interroga a condição de mulheres, que matam os filhos, normalmente movidas de amor e ódio a um só tempo. O Deserto de Medeia joga-se na hibridez entre a antiguidade e a contemporaneidade transpondo barreiras entre o passado e o presente estabelecendo um paralelismo entre a Medeia de Eurípedes e as Medeias de hoje.
Esta proposta anuncia uma paisagem poética numa relação dialógica entre as palavras, a música e sons, que marcam o ritmo do movimento corporal desafiador do Flamenco; intenso passional!
Em palco e a dar corpo ao drama singular de múltiplas mulheres, está a atriz Margarida Carvalho acompanhada pelo ator João Melo, e alunos do 11ºano  da ACE- Famalicão Escola de Artes, aos quais se juntam os músicos Rui David e Paulo Alexandre Jorge, que acompanham ao vivo toda a narrativa como se de um segundo texto se tratasse.

Ficha artística
Texto – Marta Freitas
Encenação - Luísa Pinto
Interpretação – João Melo e Margarida Carvalho
Alunas do 11º ano da ACE Escola de Artes de Famalicão
Composição e interpretação musical – Paulo Alexandre Jorge e Rui David
Voz – Rui David
Cenografia e Figurinos – Luísa Pinto
Execução de adereços - José Lopes
Desenho de Luz – Bruno Santos
Apoio ao movimento – António Carvalho
Assistente de encenação – César Siqueira
Assistente de produção – Cláudia Pinto
Créditos fotográficos – Paulo Pimenta
Vídeo Promocional – Caroline Maia
 
Uma coprodução Narrativensaio-AC e Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão e ACE Famalicão Escola de Artes.
Apoio ESAP/ CESAP

Promotor

Munícipio De Vila Real