Apoio ao cliente - 707 234 234
Marta Pereira Da Costa - Uma Guitarra Portuguesa

Descrição

A guitarra portuguesa, o coração e a alma de Marta Pereira da Costa

Marta Pereira da Costa fez da guitarra portuguesa um prolongamento da sua alma e do palco o local onde tudo se conjuga com o coração. Distinguida pela Fundação Amália Rodrigues com o Prémio Instrumentista, a guitarrista foi a primeira mulher a tocar profissionalmente guitarra portuguesa no fado e é atualmente a única.
A instrumentista editou em 2016 o primeiro álbum através da Warner Music Portugal. Homónimo da guitarrista, o disco foi muito bem recebido pelo público e pela crítica e conta com um elevado número de colaborações de músicos de exceção, como é o caso de Camané, Dulce Pontes, Rui Veloso, Pedro Jóia, Richard Bona ou Tara Tiba. Produzido pela autora em parceria com o pianista Filipe Raposo, o disco inclui composições originais da guitarrista e convidados, assim como versões de músicas de Carlos Paredes, de J. César Valente e Alfredo Marceneiro, ou de Ariel Ramirez.
No álbum encontramos sonoridades que vão do fado e do repertório para guitarra, ao jazz e world music. Desde a sua estreia que os concertos têm seguido a bom ritmo, com Marta Pereira da Costa a levar o trinado das cordas lusas a eventos internacionais tão diversos como o Festival Brass in Jazz, na Sicília, a Sala BBK, em Bilbau, e o Festival de Guitarra de Córdoba, mas também a atuar em Portugal, como aconteceu no Nos Alive ou no Festival Mimo Amarante, entre outros.
No concerto do Seixal, intitulado Uma Guitarra Portuguesa, o instrumento por excelência de Marta Pereira da Costa surge acompanhado pelas teclas (piano e acordeão) de Alexandre Diniz, pela viola clássica de António Pinto, pelo contrabaixo de Miguel Amado e pela percussão de André Sousa Machado.

Promotor

MUNÍCIPIO DO SEIXAL