Apoio ao cliente - 707 234 234
Limbo

Descrição

‘LIMBO’
 
UM GRUPO DE SEIS ACTORES DE DIFERENTES NACIONALIDADES PARTILHA TESTEMUNHOS
 
Um grupo de seis actores de diferentes nacionalidades partilha testemunhos, retratos de viole^ncia, traumas, auto-biografias em forma de pequenos contos, sombras que passam, amostras de identidade.
Ficção e realidade misturam-se.
Limbo pode ser sobre amizade (se amizade quiser dizer cumplicidade, respeito pelo que nos diferencia), ou sobre envelhecer depressa (o eterno combate da humanidade com a Natureza), ou sobre o lusco-fusco tambe´m — o pa´ssaro que canta, na~o sabemos ja´ se porque o dia acaba ou porque esta´ a comec¸ar.
Dormir, dormir, por ventura morrer a cada vez, deixar lacunas pelo caminho, interromper a narrativa, correr a`s voltas, correr no mesmo si´tio.
Dormir e ter medo de nunca mais acordar.
 
Direcção artística e encenação: Sara Carinhas
Apoio à dramaturgia: Cristina Carvalhal
Assistente de direcção: Carolina Passos Sousa, Pedro Rei
Interpretação: António Bollaño, Marco Nanetti, Nádia Yracema, Pierre Ensergueix, Sara Carinhas
Consultoria artística: Ana Vaz
Desenho de luz: Cristina Piedade
Desenho de som: Madalena Palmeirim
Registo vídeo: Ana Cunha
Fotografia: Sara Pinto Soares
Produção: Bruno Reis / Causas Comuns
Produção executiva: Sofia Bernardo
Parceria: A Voz do Operário
Apoios: Centro Nacional de Cultura, Companhia Olga Roriz, ONE your first stop, Polo Cultural Gaivotas - Boavista/CML, Santa Rita Filmes
Apoios e residência artística: Centro Cultural Vila Flor / Centro de Criação de Candoso
Agradecimentos: Aida Carvalhal, Andrea Durães, António Godinho, Cláudia Galhós, Cucha Carvalheiro, David Matos, David Santos, José Mota Leal, Maria Folha, Olga Roriz, Patrícia Sequeira, Sónia Baptista
Co-produção: Causas Comuns, Teatro Municipal do Porto-Rivoli e São Luiz Teatro Municipal
 
Causas Comuns é uma estrutura apoiada pela República Portuguesa – Ministério da Cultura – DGARTES – Direção Geral das Artes

Promotor

Munícipio De Vila Real