Apoio ao cliente - 707 234 234
Festival Estoril Lisboa

Descrição

Um Festival com Património
 
O 43º Festival de Estoril Lisboa, Um festival com património, abre um novo ciclo antecipando a celebração do Ano Europeu do Património Cultural em 2018. O Concerto de Abertura apresenta a estreia absoluta da Cantata Vera Cruz, para coro, orquestra e narrador, de Nuno Côrte-Real, encomenda do festival a partir da Carta de Pêro Vaz de Caminha a El-Rei D. Manuel sobre o achamento do Brasil. Celebrando Passado e Presente enriquece o projecto Mare Nostrum e associa-se a Lisboa Capital Ibero-Americana de Cultura 2017. É neste último que se integra a homenagem ao pintor Bartolomé Murillo, no 4º Centenário do seu nascimento, realçando o conceito Tradição-Inovação em quatro concertos de seis séculos de música espanhola. Do mesmo modo, o Concerto de Encerramento no Palácio Nacional de Belém, culmina a trajectória do festival em torno da sua relação com o património arquitectónico e o encontro de culturas. Um festival com património não pode deixar de celebrar a juventude e os novos valores premiados pelo Concurso de Interpretação do Estoril. Presente e Futuro estão no 5º Festival Jovem. Sejam Bem-vindos ao Festival!
 
08/07/17 Palácio Nacional da Ajuda                                                                                
Orquestra Metropolitana de Lisboa                                
Reinaldo Guerreiro, maestro   
Isabel Vaz, violoncelo
1º Prémio do 18º Concurso de Interpretação do Estoril 2016
Joly Braga Santos | Concerto para cordas
Haydn | Concerto para violoncelo e orquestra em Do Maior
Mozart | Sinfonia mº. 29, K. 201/186ª

10/07/17 Palácio Nacional da Ajuda                                                                     
Sonor Ensemble
Luis Aguirre, direcção
Jesús Ángel León, violino
Homenagem a Murillo
Albéniz | Cádiz 
Albéniz | Sevilla
Chausson | Concerto para violino op.21
Sebastian Mariné | Niños de Murillo
Piazzolla | Verano porteño

13/07/17 Palácio Nacional da Ajuda                                                                        
Orphenica Lyra
Soledad Cardoso, soprano
Ventura Rico, viola da gamba
José Miguel Moreno, guitarra barroca
" Música en tiempo de Murillo" | 4º Centenário do nascimento de Bartolomé Murillo
Obras de Juan Hidalgo | Selma y Salaverde | Francisco Gerau | Martin y Coll | Martí Valenciano
Andrea Falconiero | Sebastián Durón | José Marín | Gaspar Sanz | Juan Arañés

 
15/07/17 Palácio Nacional da Ajuda                                                                               
Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras
Nikolay Lalov, maestro
Mozart | Sinfonia nocturna
Borodin | Nocturno para cordas
Tchaikovsky | Nocturno para violoncelo e cordas
Schoenberg | Noite transfigurada

Promotor

ASSOC. INTERN. MÚSICA DA COSTA DO ESTORIL