Apoio ao cliente - 707 234 234
Dsch Antípodas - Europa, América Do Sul E Oceania

Descrição

O FIM DO TEMPO?

Celso Garrido-Lecca (1926-): Trio para un Nuevo Tiempo (1986)
Paul Dean (1966-): Traversing the Passage of Time (2016)
Olivier Messiaen (1908-1992): Quatuor pour la Fin du Temps (1941)
 
DSCH – Schostakovich Ensemble
Filipe Pinto-Ribeiro, Piano e Direção Artística
Jack Liebeck, Violino
Trish O’Brien, Violoncelo
Paul Dean, Clarinete
 
Neste concerto, o DSCH – Schostakovich Ensemble propõe um programa original em torno da fascinante temática do Tempo e suas múltiplas dimensões enquanto matéria de arte. O Quarteto para o Fim do Tempo é uma das obras-primas do século XX, composta por Olivier Messiaen em 1940-1941, enquanto prisioneiro do exército nazi no campo Stalag VIIIA, em Görlitz, na Silésia. O Trio para um Novo Tempo foi composto em 1986 pelo peruano Celso Garrido-Lecca, um dos mais importantes compositores sul-americanos dos últimos 50 anos, e reflecte os seus propósitos estéticos para um novo tempo de síntese, unidade e irmandade para a América Latina. O concerto inclui ainda a estreia em Portugal de Atravessando a Passagem do Tempo, uma composição de 2016 do australiano Paul Dean, que será também o clarinetista deste concerto. Para além de Dean, o DSCH contará ainda com a presença do seu fundador e director artístico, o pianista Filipe Pinto-Ribeiro, com a estreia em Portugal da violoncelista Trish O’Brien e com o regresso de Jack Liebeck, um dos grandes violinistas da atualidade.
 
Comentários ao concerto por Filipe Pinto-Ribeiro
 

Promotor

Fundação Centro Cultural Belém