Apoio ao cliente - 707 234 234
Concertos A Oriente - Concerto De Ano Novo

Descrição

CICLO CONCERTOS A ORIENTE
Direcção Artística: Gabriela Canavilhas
30 Setembro '17 a 6 Janeiro '18
A Fundação Oriente apresenta o ciclo Concertos a Oriente em torno do conceito da sobreposição de hemisférios, da justaposição de culturas e do intimismo que ressalta em ambos os lados do mundo – o Ocidente e o Oriente – sempre que a música se apresenta como a voz duma identidade subliminar.
Nesta curta viagem em torno dum piano e de vozes fundidas num sopro intemporal, há ainda lugar para o violoncelo e para instrumentos renascentistas que reforçam a voz num repertório que atravessa culturas, estilos, épocas e nações.
Enquanto do Japão se materializam em música poemas universais pelos dedos de Gilda Oswaldo Cruz, a diáspora portuguesa do Renascimento soa com os Sete Lágrimas, a grande tradição musical europeia surge com Pavel Gonziakov e Jill Lawson e, com António Rosado, revisitamos a criação musical portuguesa de Luis de Freitas Branco e o orientalismo de Debussy. O Ano Novo é brindado com as vozes do Lisboa Cantat, fechando um ciclo que comprova a excelência dos intérpretes que se juntaram a nós nestes Concertos a Oriente. Os concertos serão comentados por Gabriela Canavilhas, à excepção do primeiro, comentado pela própria intérprete.
 
6 Janeiro
CONCERTO DE ANO NOVO
Coro Lisboa Cantat

Para o concerto do dia de Reis, é proposto um programa com acompanhamento ao piano que incluí alguns temas portugueses alusivos à quadra do Natal aos Reis da autoria de Eurico Carrapatoso e Fernando Lopes Graça, duas canções de John Rutter, alguns excertos de obras corais sinfónicas, como L’enfance du Christ de Hector Berlioz, da Oratória de Natal de C. Saint-Saens e 10 coros de O Messias de G. F. Haendel.

Activo desde 1977, o Coro Sinfónico Lisboa Cantat (CSLC) é um coro amador com cerca de 80 elementos na sua formação principal. Tem contribuído para a divulgação da música erudita portuguesa, estreando regularmente obras de compositores portugueses contemporâneos. Foi coro associado da temporada 2010/2011 do CCB e mantem, desde 1999, uma parceria com a Orquestra Metropolitana de Lisboa.
 

Promotor

FUNDAÇÃO ORIENTE