Apoio ao cliente - 707 234 234
Colecção E Amantes

Descrição

COLECÇÃO DE AMANTES de Raquel André
Sábado, 22 de abril | 21h30
 
Colecção de amantes é sobre encontros. Raquel André é uma colecionadora de intimidades ficcionadas. Marca encontros em apartamentos desconhecidos com desconhecidos e durante uma hora ficciona uma intimidade de quem se conhece há vários anos. Entre o Rio de Janeiro, Lisboa e Ponta Delgada já soma 82 encontros, e a coleção quer-se infinita...
 
Estes amantes são o elenco protagonista do espetáculo através do registo fotográfico destas sessões. Raquel, a colecionadora obsessiva, guarda estas pessoas como objetos raros de uma coleção peculiar – a catalogação do efémero. E cria um espetáculo com narrativas reais e ficcionadas do que esta coleção pode significar e projetar – porque, afinal, o que se procura quando se encontra alguém?
 
Colecção de amantes poderia também ser um desses dispositivos que tão pacificamente introduzimos nas nossas vidas e onde nos tornámos peritos a ficcionar intimidades – e-mail, facebook, instagram, tinder, grindr... –, onde publicamos, “postamos”, produzimos conteúdos: o que comemos, quem beijamos, o que visitamos, o que pensamos, o que lemos, o que não gostamos e gostamos, traduzindo-se em views, likes e comments. Esta coleção é um dispositivo que tenta dar conta dos terabytes de informação em cada minúsculo movimento do outro e Raquel André propõe ampliá-la em espetáculo. Um espetáculo sobre a intimidade, e para isso Raquel André faz uma recolha de possíveis e impossíveis encontros íntimos – todos reais e todos mentira.
 
O projeto surgiu durante o primeiro ano da sua pesquisa de mestrado – “O Colecionismo nas Artes Performativas ou Como Encontrar o Outro” (Programa de Mestrado em Artes da Cena na Universidade Federal do Rio de Janeiro, com Bolsa de Estudos da Fundação Calouste Gulbenkian) –, em que propôs criar uma coleção de origem, neste caso uma coleção de encontros, e a partir dessa coleção criar um espetáculo, usando o palco para “contar” a sua coleção, os seus encontros, as histórias dos seus amantes.
 
Ficha Artística:
Conceito e Direcção: Raquel André
Co-Criação e Espaço Cénico: Raquel André e Bernardo de Almeida
Colaboração Artística: António Pedro Lopes e Fabíola Lebre
Em cena Raquel André
Música: NOISERV
Sonoplastia: Tiago Martins
Desenho de Luz : Rui Monteiro
Co-produção: Teatro Nacional D. Maria II (PT), TEMPO_Festival das Artes (BR)
Residência Artística: Walk&Talk 2015 – Ponta Delgada, Citemor 2015 – Montemor-o-Velho
Parceria Largo Residências, ZDB, BV90
Apoio à Pesquisa de Mestrado de Raquel André: Bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian
Financiamento Apoio Pontual 2015: Direção Geral das Artes, Governo de Portugal
Apoio à Tournée no Brasil Abril 2016: Fundação GDA

Promotor

Município De Sever Do Vouga