Apoio ao cliente - 707 234 234
A Ninfa Do Tejo

Descrição

A NINFA DO TEJO 
Orquestra Metropolitana de Lisboa

A música da primeira metade do século XVIII confronta-nos frequentemente com valores e categorias que não reconhecemos de imediato. Veja-se o caso da cantata de Alessandro Scarlatti intitulada La ninfa del Tago e que se ouve aqui em estreia moderna, em resultado do trabalho de investigação desenvolvido pelo musicólogo Luca Della Libera. Transporta-nos até à corte de D. João V, o rei que em 1709 desposou Maria Ana de Áustria e que tomou então Itália como principal referência no domínio da música. Na realidade, trata-se de um verdadeiro gesto diplomático, já que resultou de uma encomenda feita pelo inquisidor-mor do reino D. Nuno da Cunha e Ataíde em 1721, ano do conclave que ordenou o Papa Inocêncio XIII, quando o filho daquele mesmo compositor italiano ensinava música à princesa Maria Madalena Bárbara no Paço da Ribeira. A figura da ninfa representava no enredo a relação próxima entre Lisboa e Roma, entre o Tejo e o Tibre. Da mesma época, escutamos na primeira parte deste programa, música de Natal também escrita em Itália – mais festiva do que devocional – e uma das inúmeras suítes orquestrais de Telemann que eram moda nas cortes dos principados germânicos.
 
P. A. Locatelli Concerto Grosso em Fá Menor, Op. 1/8, Concerto di natale
G. P. Telemann Abertura (Suíte) em Ré Maior, TWV 55:D18
F. Manfredini Concerto Grosso Op. 3/12 em Dó Maior, Pastorale per il santissimo natale
A. Scarlatti La ninfa del Tago, Cantata a três vozes [estreia moderna*]

Mariana Castello-Branco, Ana Sofia Ventura sopranos 
Cátia Moreso mezzo-soprano
Enrico Onofri maestro

* CONFERÊNCIA DO MUSICÓLOGO LUCA DELLA LIBERA [Apresentação em Italiano]
Transcrição do manuscrito e adaptação do libreto de La Ninfa del Tago
Sábado, 1 de dezembro, 20h00, Museu Nacional de Arte Antiga
APOIO: Istituto Italiano di Cultura

Promotor

Ass. Música,educ. E Cultura - O Sentido Dos Sons