Apoio ao cliente - 707 234 234
Anjo

Descrição

‘ANJO’
DE HENRY NAYLOR
UMA ENCENAÇÃO DE ÁNGEL FRAGUA
 
 
Inspirado numa história verdadeira.
 
Há uma rapariga na Síria conhecida por “anjo”. É Rehana.
Tem 19 anos, estuda direito e é filha de pais agricultores. Rehana vive em Kobane, uma pequena cidade da Síria junto à Turquia que um dia é invadida pelo ISIS – o autodenominado Estado Islâmico. Rehana foge para a fronteira com a intenção de chegar à Turquia, mas a memória do pai que ficou para trás é mais forte. Rehana volta para Kobane e vai à procura do pai. Nessa altura, é capturada pelo ISIS e vendida como escrava sexual. Rehana consegue fugir e unir-se às YPJ – Unidades Femininas de Protecção. A vida vertiginosa acelera: torna-se franco-atiradora, mata 100 invasores e passa a ser temida pelo Estado Islâmico, cujos membros acreditam que quem é morto por uma mulher não consegue entrar no paraíso e ter direito às setenta e duas virgens.
Rehana é uma rapariga, o “anjo” de Kobane.
 
Uma história autobiográfica narrada por Rehana, directamente ao público, através da 'quarta parede'.
 
Tradução: José Paulo Tavares
Interpretação: Teresa Arcanjo
Encenação: Ángel Fragua
Desenho de iluminação: Pedro Pires Cabral
Figurino: Cláudia Ribeiro
Assistente de encenação: Mara Correia
Co-produção: Ángel Fragua e Teatro de Vila Real

Promotor

Munícipio De Vila Real